Visibilidade dos riscos e ameaças é essencial na nuvem

A gestão do ambiente de segurança é uma tarefa cada vez mais difícil devido à complexidade da rede e à evolução dos objetivos de negócio na manutenção da competitividade. Por isso, a visibilidade dos riscos e ameaças é crítica para qualquer programa de segurança, especialmente em ambientes na nuvem.

A abordagem de gestão de segurança tradicional, de múltiplas camadas de soluções, mudanças manuais de processos e políticas de proteção e nenhuma conexão entre os dados de diferentes plataformas, torna impossível qualquer gestão efetiva da segurança no ambiente corporativo.

Com isso, a mudança para a nuvem, que pode ajudar as empresas a acelerar a entrega de serviços da TI e gerar mais agilidade para os negócios, pode acabar se tornando um pesadelo se a empresa não contar com uma estratégia de segurança que ofereça a visibilidade dos riscos e ameaças necessária.

As ferramentas de segurança tradicionais, como firewalls e sistemas de detecção de invasão, podem desempenhar um papel fundamental na proteção da empresa, mas sozinhas estão longe de ser o ideal para ambientes na nuvem. É preciso contar com sistemas de monitoramento dos usuários e dos componentes da rede para garantir o máximo de visibilidade dos riscos e ameaças, do contrário, a empresa pode acabar com um ambiente cheio de pontos fracos que pode deixar a rede vulnerável a uma série de prejuízos financeiros e danos à reputação.

Saiba como garantir o máximo de visibilidade dos riscos e ameaças na nuvem:

Visibilidade contínua

Toda empresa precisa saber o que acontece em sua infraestrutura, aplicações, dados e usuários o tempo todo e em tempo real. Devido à grande quantidade de aplicações de segurança presentes no ambiente atualmente, obter essa visibilidade pode ser um desafio, mas é essencial para que as empresas limitem a superfície de ataque e mitiguem riscos.

O GAT, plataforma exclusiva desenvolvida no Brasil pela iBLISS, permite aos gestores de TI obter o máximo de visibilidade dos riscos e ameaças em ambientes diversos. A solução reúne em um único dashboard dados de múltiplas plataformas de segurança e auditoria, permitindo acompanhar, de perto, o estado da infraestrutura, das aplicações e dos dados, e a remediação de vulnerabilidades.

Gestão de exposição

Visibilidade dos riscos e ameaças não é suficiente, é preciso dar contexto aos dados coletados. Assim, as empresas podem eliminar vulnerabilidades óbvias que já são conhecidas na rede, como estações de trabalho desatualizadas e dispositivos mobile.

Com o GAT, as empresas podem gerir a exposição do ambiente em um dashboard único que, ao reunir dados de múltiplas plataformas, permite aos profissionais realizar correlações e extrair insights úteis do ambiente de segurança.

Controle de acesso

Boa parte das últimas violações aconteceram porque as empresas davam muitos privilégios de acesso a seus usuários. Os hackers, cientes disso, usam táticas de engenharia social para roubar credenciais de usuários legítimos e usá-las para invadir a rede e ter acesso aos dados.

Quando todos os usuários têm acesso a tudo, incluindo dados sensíveis, todos se tornam uma ameaça em potencial, pois podem ser usados por hackers para alcançar seus objetivos. Ao adotar uma abordagem de privilégios mínimos, as organizações diminuem boa parte de sua superfície de ataque.

Gestão de incidentes

Não existe uma estratégia de segurança capaz de prevenir todas as ameaças, portanto, é preciso estar preparado para quando elas atacarem. Toda empresa precisa contar com processos e tecnologias para reagir prontamente a uma violação de segurança antes que ela saia do controle.

Sem a visibilidade dos riscos e ameaças necessárias, a computação na nuvem pode acabar se tornando mais arriscada do que vantajosa. Descubra como o GAT pode ajudar a oferecer o máximo de visibilidade do seu ambiente.

Como está a Segurança Digital da sua empresa?

Converse com nossos especialistas.