Ransomware: vá além do backup para proteger seus dados

A segurança da informação dentro das empresas é algo complexo e que demanda o envolvimento de diferentes setores. Com o crescimento dos ataques de ransomware e a sofisticação com que vêm se apresentando, gestores andam preocupados sobre as melhores formas de promover a segurança da informação e evitar os terríveis danos desse tipo de ameaça. Para preservar os dados e o financeiro da empresa, agindo de forma inteligente aos ataques, é necessário ser estratégico e ir além do backup. Para saber como realizar boas práticas para proteger sua empresa, separamos algumas dicas eficientes que podem salvar suas informações e evitar o pagamento de resgates! Confira!

1. Tenha um mapa dos seus dados e do sistema

É preciso que a empresa atue de forma proativa mapeando todo o sistema, seus pontos de entrada e quem possui acesso a eles. Nem sempre essa tarefa é simples, mas certamente ela servirá de base para a elaboração de um plano de ação visando à segurança da informação. Nesse mapeamento, os responsáveis devem considerar a categorização dos dados, considerando a vulnerabilidade de cada arquivo e avaliando as informações contidas neles. Deixando as informações mais relevantes protegidas dentro de um grau máximo, é possível restaurar o sistema sem a necessidade do pagamento de resgate, tornando ineficaz o ataque.

2. Vá além do backup

O backup de dados, como feito da maneira tradicional, certamente é uma forma de proteção, contudo, não se trata da maneira mais eficiente. É preciso promover um backup inteligente se você quer proteger realmente sua empresa de um ransomware. Em outras palavras, o ideal é investir em um backup que possa ser realizado enquanto o sistema está rodando. Além disso, o ambiente de backup deve ser complemente isolado do sistema, impedindo que um ransomware chegue até ele, caso ocorra um ataque.

3. Crie políticas internas de segurança

A principal porta de entrada para um ransomware em um sistema corporativo é justamente o funcionário. Os colaboradores das empresas são presas fáceis e acabam sendo vítimas de phishing, spear sphishing e até links maliciosos que chegam por meio das redes sociais.  Essas armadilhas aplicadas de forma dissimulada, por meio de links enviados em e-mails enviados de fontes confiáveis, por exemplo. Com um simples clique em um link, a entrada do malware no sistema já é possível. Uma vez dentro do sistema, o ransomware ataca facilmente documentos vulneráveis e ferramentas internas que possibilitam o compartilhamento de dados, onde a segurança também costuma ser menor.

Como os ataques de ransomware vêm crescendo e os alvos são cada vez mais variados, o ideal é que a empresa promova treinamentos de conscientização em segurança, fazendo com que os funcionários tenham cautela ao acessar links e abrir e-mails que podem ser danosos.

Os programas de conscientização parecem ser ainda o melhor antídoto nessa corrida de armas, onde os hackers parecem estar ganhando.

Você tem programas de conscientização para a proteção de dados da sua empresa? Conheça o iBLISS CSA, programa de conscientização que aborda diversos aspectos técnicos do cotidiano capazes de afetar a segurança de seus funcionários e do seu negócio.

Como está a Segurança Digital da sua empresa?

Converse com nossos especialistas.