Microsoft e Symantec descobrem rede de cibercrimes

Bamital tem capacidade de tomar o controle das máquinas infectadas. (Foto: Divulgação)

Bamital tem capacidade de tomar o controle das máquinas infectadas. (Foto: Divulgação)

A Microsoft e a Symantec, fabricantes de softwares desativaram servidores que permitiam a uma quadrilha internacional de crimes de informática controlar milhares de computadores sem o conhecimento de seus donos.

Com o desligamento, foi impedida temporariamente, que computadores infectados ao redor do mundo fizessem buscas na Internet. As duas companhias ofereceram, por meio de mensagens automáticas aos usuários em questão, ferramentas gratuitas para proteger as máquinas.

O crime cibernético chamado Bamital sequestrava resultados de buscas e aplicava golpes que, segundo as companhias, realizavam cobranças fraudulentas de publicidade online a empresas.

Ele tem capacidade de tomar o controle das máquinas infectadas, instalando nelas outros vírus que podiam promover roubo de identidade, utilizar computadores em ataques a sites e realizar outros tipos de crime de computação.

Técnicos das duas empresas apreenderam um servidor na central de Nova Jersey e convenceram os operadores da central da Virgínia a pedir a desativação de um servidor na Holanda, informou o diretor jurídico assistente da divisão de crimes digitais da Microsoft, Richard Boscovich.

post do portal InterIT

 

Como está a Segurança Digital da sua empresa?

Converse com nossos especialistas.