Internet Segura: os cuidados começam na infância

Em meio aos inúmeros casos de cyberbullying, golpes e pedofilia, garantir uma internet segura para nossas crianças e jovens pode ser um desafio complexo.

O Dia da Internet Segura foi uma resposta a esta luta global, que nasceu de um esforço da União Europeia e agora é comemorado em cerca de 150 países em todo o mundo.

Conheça melhor a data e sua importância para garantir um ambiente digital mais seguro e saudável desde cedo.

O que é o Dia da Internet Segura?

Esta data é um evento organizado pelo UK Safer Internet Centre, que visa promover o uso seguro, responsável e positivo da tecnologia da Internet por parte das crianças e adolescentes.

Envolve muitas organizações – locais e internacionais – que se reúnem para aumentar a conscientização sobre as práticas corretas da Internet, como consentimento, propriedade e privacidade de dados. Seu slogan atual é “Juntos por uma Internet melhor”.

O Dia da Internet Segura é comemorado todos os anos na segunda terça-feira de fevereiro – este ano o evento ocorre no dia 11 de fevereiro.

Qual é o grande objetivo da data?

Do cyberbullying à exposição nas redes sociais, o Dia da Internet Segura visa abordar os problemas atuais que influenciam especialmente os usuários jovens no ambiente digital.

A internet é uma ferramenta poderosa, com enormes oportunidades de aprendizado, aprimoramento de habilidades e um canal para adquirir mais conhecimentos, além de participar da sociedade. No entanto, todas estas oportunidades podem carregar alguns riscos.

O objetivo do Dia da Internet Segura é não só aumentar a conscientização, mas também ajudar com ações concretas para criar não apenas um lugar seguro, mas também um lugar melhor para se estar online.

Para atingir esse objetivo, a data estimula a oportunidade de crianças, jovens estudantes, professores, pais, indústria, formuladores de políticas, tomadores de decisão e outras partes interessadas co-criarem uma Internet melhor.

Dicas para promover uma internet segura em seu ambiente

Desde cair em golpes online, compartilhar dados pessoais, cyberbullying ou conhecer predadores sexuais online, as crianças enfrentam muitos riscos dentro do ambiente online.

Para transformar o Dia da Internet Segura em prática no seu dia a dia, listamos a seguir algumas dicas – saiba mais a seguir:

1) Eduque seus filhos sobre segurança cibernética e ameaças online

Explique em linguagem simples e infantil sobre ameaças on-line e como identificá-las. Converse com eles sobre navegação segura na Internet, sites maliciosos aos quais podem acessar, explicar sobre diferentes formas de cyberbullying e outros tópicos necessários que ajudem a eles a visualizar o cenário geral sobre o tema.

2) Defina limites de uso e tempo gasto na Internet pelas crianças

A Internet pode ser um mundo fascinante para as crianças, mas a maioria dos pais fica realmente preocupada com o tempo que passa lá.

Ao notar que a criança está desenvolvendo um vício em ficar acordado a noite toda na Internet, é hora de definir limites de uso e tempo gasto na Internet. Diga claramente o tempo que eles podem gastar no computador, celular ou tablet – e cumpra as regras.

3) Use o software de controle dos pais para monitorar atividades on-line das crianças

Os aplicativos de controle dos pais são uma ótima maneira de rastrear o comportamento on-line das crianças e monitorar melhor o uso da Internet, acompanhar os sites visitados, controlar o tempo de conexão com a Internet ou bloquear sites maliciosos e relatar qualquer atividade online incomum.

4) Instale e mantenha atualizado o antivírus nos dispositivos de seus filhos

Todos sabemos que as crianças são naturalmente curiosas e atraídas por coisas novas – como links maliciosos de sites não confiáveis ​​ou fazer download de videogames em locais desconhecidos.

Por isso providencie a instalação de uma boa solução antivírus, de uma empresa confiável, que inclua um mecanismo de verificação em tempo real, firewall e atualização automática.

5) Mostre que os hábitos online têm consequências na vida real

Por mais desafiador que possa ser para as crianças entenderem os riscos de estar online, a conscientização sobre internet segura é vital nos dias de hoje.

É dever dos pais e responsáveis ensiná-los a evitar conversar com estranhos on-line, a distinguir entre notícias falsas e verdadeiras e explicar sobre os riscos de segurança mais frequentes. Para tornar essa tarefa mais fácil, é possível contar com parceiros e ferramentas – saiba mais no próximo tópico.

Projeto Sec4Kids: um aliado na luta por uma internet segura

A IBLISS acredita que a importância de uma navegação saudável e segura deve ser aprendida desde cedo. Por isso criou o Projeto Sec4Kids, uma iniciativa para educar e sensibilizar crianças, adolescentes e responsáveis sobre internet segura.

Graças a este projeto, a IBLISS foi reconhecida como parceira que faz a diferença pela Fundação ABRINQ.

O grande objetivo do Sec4Kids é promover a cultura de privacidade e segurança digital de forma lúdica. Essa é a nossa contribuição para uma nova geração de cidadãos capazes de utilizar os recursos tecnológicos disponíveis, de forma segura, responsável e consciente.

Clique e torne-se um Agente Sec4Kids: descubra como garantir uma internet segura!

Como está a Segurança Digital da sua empresa?

Converse com nossos especialistas.