Hackers atacam 8 em cada 10 internautas

*Matéria do jornal METRO, publicada em 16 de maio de 2012.

Instalação de vírus é a principal forma para conseguir informações

Todos os dias, 28 milhões de brasileiros são vítimas de crimes virtuais. A informação é de um estudo produzido pela Symantec. O levantamento global aponta que oito em cada dez usuários de internet no mundo já foram vítimas de hackers.

No Brasil, a ação dos criminosos é facilitada porque sete em cada dez internautas não possuem programas de proteção no computador, de acordo com os dados do Norton Cybercrime Report 2011.

28 milhões é o número de internautas brasileiros que são vítimas de crimes virtuais.

Apenas em São Paulo, o número de inquéritos sobre crimes virtuais já chega a 1,2 mil. Do total de casos que estão sendo apurados, 80% se referem a crimes financeiros, segundo o delegado Hélio Bressan, da Delegacia de Meios Eletrônicos de São Paulo.

Segundo a polícia, também são comuns as ocorrências envolvendo furtos de senhas para saques de contas bancárias. Para se ter uma ideia da proporção das fraudes, o custo do que foi subtraído das vítimas, mais o valor para a resolução dos crimes, passa dos R$ 25 bilhões no Brasil.

De acordo com o Norton Cybercrime Report 2011, para conseguir informações sigilosas dos usuários, os hackers usam a contaminação por vírus de computadores (68% dos casos), invasão de perfis nas redes sociais (19%) e utilização de spams, websites maliciosos, mensagens instantâneas e e-mail (19%).

A última vítima foi a atriz Carolina Dieckmann, que teve fotos em que aparece nua divulgadas na web. A polícia já identificou quatro suspeitos envolvidos no caso. Eles devem ser indiciados por furto, extorsão qualificada e difamação.

Como está a Segurança Digital da sua empresa?

Converse com nossos especialistas.