Compliance e Segurança Digital: o que você precisa saber?

Há quem pense que a Segurança Digital é uma preocupação exclusiva do setor de TI, mas ela vai muito além dos responsáveis pela Tecnologia da Informação.

Nessa era digital, em que soluções inovadoras surgem de forma dinâmica, entende-se por informação todo e qualquer ativo, dado ou conteúdo gerenciado pela empresa, e que deve ser devidamente protegido pela organização.

Portanto, a segurança digital está presente em diversos âmbitos uma vez que as ameaças e vulnerabilidades estão espalhadas por aí.

Para empresas mais maduras, a segurança da informação já configura um dos principais investimentos das empresas nacionais, uma vez que o Brasil é um dos países que lidera o ranking de ameaças virtuais.

Assumir políticas de governança e segurança de informações, cuidando de conscientizar e treinar os colaboradores sobre boas práticas, é fundamental para as atividades de qualquer organização que deseja aderir ao compliance.

Fazer a gestão de risco da segurança digital dentro das empresas é uma missão desafiadora, já que dentro do ambiente profissional a origem das informações é das mais diversas. Mas é esse o compromisso que levará sua empresa a resultados mais expressivos!

O que é Compliance?

Difundido com maior ênfase nos últimos tempos, o termo compliance refere-se à conformidade com a lei, incluindo o cuidado com a segurança dos dados.

Estar em compliance é estar de acordo com uma política pré-estabelecida, envolvendo a preservação da segurança da informação ao atender a leis, normas ou regulamentos do seu setor de atuação e do país em que concentra suas atividades – ou de outros países com quem negocia.

Atender as medidas de compliance e governança garante que o negócio seja feito de acordo com as leis vigentes, sem a ameaça de eventuais problemas como aplicação de multas e sanções.

Segurança da Informação e Compliance

São dois conceitos complementares, mas que mantém suas diferenças. Enquanto o compliance se refere mais a uma conduta dentro das leis, a segurança da informação é a cultura que promove o debate de normas e soluções, visando estabelecer um planejamento que leve à segurança digital de toda organização.

Como elemento estratégico do seu negócio, o compliance pode gerar maior confiabilidade para suas estratégias, além de melhorar a qualidade do trabalho ao seguir regulamentações que beneficiam uma boa conduta empresarial.

Estar em conformidade é essencial para garantir a segurança digital de todos os ativos, sistemas e bancos de dado dentro da empresa.  Com processos mais seguros e confiáveis, a política do compliance torna vazamentos e outros problemas de segurança ainda menos frequentes.

A celeridade de processos legislativos que tratam da segurança da informação também é resultado desse cenário dinâmico instaurado pela rede. Hoje em dia já estão sendo debatidas medidas sobre proteção de dados, como a criação da ANPD e a regulamentação da LGPD.

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), criada recentemente, deverá cuidar da fiscalização e do cumprimento de normas referentes ao tratamento de dados na rede – além de fiscalizar e aplicar sanções em caso de descumprimento da lei referente ao tratamento de dados.

A Lei Geral de Proteção de Dados, aprovada em agosto de 2018 e com prazo final previsto para Agosto de 2020, conforme discussão em andamento, reconfigurou o ambiente digital no cenário brasileiro – vale  destacar que  a LGPD já está em vigor e as empresas precisam se adequar com urgência à Lei Geral de Proteção de Dados, sob risco de severas e custosas punições.

O tratamento de dados pessoais na internet deve seguir uma norma específica.  Mais transparante, clara e segura, a troca de informações na rede agora deverá ter anuência completa do usuário, que será responsável por concordar ou não com os termos de uso e a política de informações de determinado site ou plataforma.

Esse momento de transição para atender as novas exigências apresenta diversas provações às empresas. Como cumprir com as novas normas diante do atual ambiente de dados da empresa? Quais modificações devem ser feitas? Como atender aos principais requisitos sem gastar rios de dinheiro?

São muitas as dúvidas que pairam sobre a cabeça dos gestores. E por essa razão, contar com o suporte de profissionais especializados em soluções de segurança digital é imprescindível para chegar ao melhor resultado.

A IBLISS oferece programas de segurança da informação alinhados às regulamentações de cada negócio, para que as empresas possam realizar a transformação digital com maior resiliência aos riscos cibernéticos.

Garanta que sua empresa esteja em conformidade com as novas leis. Conte com os especialistas da IBLISS para te ajudar nesse processo, melhorando a eficiência da empresa, a qualidade dos produtos e serviços e a experiência do usuário.

Como está a Segurança Digital da sua empresa?

Converse com nossos especialistas.