Ameaça cibernética: Brasil foi a principal fonte de atividades maliciosas da América Latina em 2011

A Symantec divulgou o novo Internet Security Threat Report, que analisa o cenário mundial de ameaças cibernéticas de 2011.

Segundo o relatório, o Brasil foi a principal fonte de atividades maliciosas da América Latina e a 4ª no mundo. Os Estados Unidos foram os principais responsáveis pela atividade maliciosa em todo o mundo.

figura: Ranking de atividade maliciosa na América para 2011
fonte: Symantec http://www.symantec.com/threatreport/topic.jsp?id=nam&aid=nam_malicious_activity_by_geo

Abaixo, algumas das principais conclusões do relatório:

  • 50% dos ataques direcionados foram destinados a empresas com menos de 2500 funcionários. Apenas 42% deles têm como alvo CEOs ou profissionais com alto conhecimento
  • Houve um aumento de 81%* nos ataques de malware. 39% desses ataques foram lançados por meio de e-mails com link para páginas web
  • Os ataques baseados na web aumentaram 36%*: mais de 4.500 novos ataques por dia
  • 403 milhões de novas variantes de malware foram criadas em 2011, um aumento de 41%*
  • O volume de spam caiu 13%*
  • As vulnerabilidades móveis continuaram a subir: foram descobertas 315 novas em 2011. As ameaças móveis podem coletar dados, rastrear usuários e enviar mensagens de texto
  • É mais provável que você seja infectado por um malware colocado em um site legítimo do que num site criado por um hacker

*em comparação com o ano de 2010

Acesse o relatório completo (grátis): http://www.symantec.com/threatreport/

fonte:
Symantec Internet Security Threat Report
The Hacker News

Como está a Segurança Digital da sua empresa?

Converse com nossos especialistas.